Notícias da Segurança Privada

A importância dos recursos humanos em uma empresa de segurança

A importância dos recursos humanos em uma empresa de segurança


Com a adoção de boas práticas, o departamento de recuros humanos é peça chave na satisfação de clientes e colaboradores.

No último mês de novembro, o Conselho Regional de Psicologia (CRP-SP), realizou o II Simpósio de Avaliação Psicológica Para o Uso de Armas de Fogo. A palestra central, Vigilância Armada na Segurança Privada, contou com a presença de psicólogos credenciados pela Polícia Federal e de profissionais da área de segurança pública e privada.

Eventos como esse, demonstram a importância do Departamento de Recursos Humanos (RH) nas empresas de segurança privada, pois o desempenho de seus vigilantes, agentes e demais profissionais que trabalham junto ao cliente é um fator determinante para o sucesso ou fracasso da organização.

O processo de recrutamento e seleção é uma das atribuições mais importantes do RH dentro de uma empresa de segurança. Devido às peculiaridades e a grande responsabilidade do segmento, obedece a uma rigorosa Legislação da Policia Federal para aplicação de testes e avaliações psicológicas.

Conhecer o cliente é fundamental para o processo seletivo. O RH precisa entender a cultura, valores, usos e costumes do contratante do serviço, a fim de identificar o perfil adequado à execução do trabalho. As rotinas da área de segurança pedem profissionais diferentes para cada situação, afinal o perfil de um vigilante que atende diretamente ao público não é o mesmo de um profissional que fica isolado em uma guarita blindada. 

Todo o processo seletivo deve estar em perfeita sintonia. Um departamento eficiente de RH agrega agilidade aos procedimentos, pois é preciso conciliar a qualidade na seleção de pessoal com a constante demanda por implantações emergenciais. Quem conhece o segmento de segurança sabe que, muitas vezes, os investimentos só são aprovados depois de eventos traumáticos, como roubos e assaltos, onde a velocidade de resposta é primordial. 

As responsabilidades e áreas de atuação do RH vão muito além de selecionar e recrutar bons profissionais. É necessário estruturar políticas e cronogramas de treinamentos operacionais e comportamentais. O treinamento constante, ou reciclagem, é fundamental para corrigir erros na execução de rotinas e também é uma excelente oportunidade de revisão das normas e procedimentos, onde o ponto crítico não está na execução da tarefa, mas sim na análise da sua efetividade e a consequente correção.

Benefícios diferenciados, planos de carreira, assistência médica e psicológica contínua, são alguns exemplos do respaldo que a área de RH dá aos vigilantes, agentes e demais profissionais de segurança, para que estes se sintam sempre motivados, comprometidos e capacitados a ter o melhor desempenho, com tranquilidade e qualidade de vida.   

O departamento de RH, quando valorizado, com processos estruturados, políticas claras e boas práticas, torna a empresa de segurança privada uma companhia mais rentável e competitiva, pois reduz uma série de custos invisíveis e muitas vezes não apurados. E o mais importante: consegue a satisfação e fidelidade de seus clientes, seja ele um cliente externo, o contratante do serviço ou um cliente interno, o colaborador. 

Gabriel Tinoco

DSE, ASE, CES, Administrador de empresas pela PUC-SP. Pós-graduado em planejamento e controle empresarial pela FAAP-SP. Pós-graduado em gestão estratégica em segurança empresarial pela Universidade Anhembi Morumbi. MBA em Direção Empresarial pela Universidade Pontifícia Comillas de Madrid – Espanha. Formado na 1ª turma do curso de gestão e controle da segurança privada pela Fundação Brasileira de Ciências Policiais da Polícia Federal. Master em PNL. Certificado de especialista em segurança pela ABSO e pela ABSEG. Sócio Administrador do Grupo Muralha.

O Grupo Muralha se preocupa com a sua privacidade e está empenhado em tratar com segurança e sigilo os seus dados pessoais, em consonância com a Lei Geral de Proteção de Dados - LGPD (Lei 13.709/2018). Contato de nosso encarregado de proteção de dados pessoais: [email protected]

sair